Carne, meio ambiente e saúde

O consumo  excessivo de carne, em particular de carne vermelha e processada, está associada a elevados impactos ambientais e também na saúde. Na última década, acumulou-se evidência científica de que a produção pecuária produz mais emissões de gases com efeito de estufa do que os transportes, no seu todo.

Como lidar com esta ameaça, preservando o nosso modelo alimentar onde a carne está presente (mesmo que em pequena quantidade) e o emprego nesta indústria, reduzindo a emissão de poluentes e tornando-a mais eficiente, é um tremendo desafio que este documento do Parlamento Europeu agora discute. A ler urgentemente, aqui.

0 Comentários , Adicione o seu

Comentar

Adicione o seu comentário: