Alimentação escolar

  • Comissão Europeia publica documento de suporte à alimentação escolar

    A Comissão Europeia publicou há dias um documento que tem como objetivo apoiar os Estados-Membros na transposição das suas normas alimentares escolares nacionais relacionadas com a nutrição. A ler, em particular por parte de todos os técnicos municipais e responsáveis da educação e saúde.

  • Vamos Comer Bem Cá Dentro

    O Projeto do ACES – Arco Ribeirinho, “Vamos Comer Bem Cá Dentro”, constatou que, no passado ano letivo 2015/2016, nenhum estabelecimento escolar avaliado na área do respetivo ACES cumpria na totalidade com as orientações da Direção-Geral de Educação (DGE).

  • Como identificar uma escola amiga da boa alimentação?

    Agora que o ano letivo está prestes a se iniciar, o que deve uma escola disponibilizar do ponto de vista alimentar, para a tornar exemplar? Deixamos algumas sugestões para identificar quando uma escola se torna amiga da saúde alimentar do seu educando. Saiba mais.

  • ECO-COZINHEIROS ECO-ESCOLAS 2016

    Esta iniciativa lançada simbolicamente no Dia Mundial da Alimentação 2015, assinala também o Ano Internacional das Leguminosas (ONU) e o Ano Nacional de Combate ao Desperdício Alimentar (2016), visando ir ao encontro do trabalho já em curso em diversas escolas. Constitui por outro lado uma evolução natural do projeto Hortas Bio nas Eco-Escolas que envolve atualmente mais de 300 escolas. Saiba mais.

  • 10 RECOMENDAÇÕES PARA FESTAS DE ANIVERSÁRIO MAIS SAUDÁVEIS

    As festas de aniversário são um momento de diversão e convívio. No entanto, são muitas vezes momentos de excessos e de escolhas menos saudáveis. Em contexto escolar, as festas de aniversário acabam por ser um acontecimento quase semanal, contando com a presença assídua de doces, refrigerantes, bolos e outras opções menos saudáveis. No entanto, é possível com pequenas alterações por parte dos pais, encarregados de educação e professores tornar as festas de aniversário num momento de escolhas saudáveis e diversão. Saiba mais.

  • Como podem os encarregados de educação avaliar se a escola dos seus filhos promove o consumo de água?

    Muitos leitores, encarregados de educação, perguntaram como podem avaliar se as escola dos seus filhos promovem o consumo de água? Apresentamos uma “checklist” na página 10. O ideal é que as respostas sejam todas afirmativas. Saiba mais.

  • Água nas escolas – Uma causa nacional

    A água é um alimento central na saúde das crianças em idade escolar. A água é decisiva para o rendimento intelectual e desportivo. Crianças desidratados possuem menor capacidade de cálculo. Cansam-se mais rapidamente. Estão mais desatentas. Crianças sem uma cultura de beber água e que substituem a água por refrigerantes açucarados são mais frequentemente obesas, possuem mais frequentemente problemas dentários e risco aumentado de virem a desenvolver doenças como diabetes ou doença cardiovascular. Saiba mais.

  • A escola pública e a promoção da alimentação saudável – um exemplo de boa prática em Francelos

    Na Escola Básica de Francelos, as refeições são criteriosamente preparadas. A ementa é coordenada pelas nutricionistas da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, que definem, com um mês de antecedência, a comida a servir aos alunos do pré-escolar e do primeiro ciclo. Saiba mais sobre este exemplo de boa prática em Francelos.