Estou a ler:

Batata-doce | O acompanhamento deste outono

Notícias

Batata-doce | O acompanhamento deste outono

A batata-doce é originária da América Central e chegou à Europa no século XVI, sendo tão antiga em Portugal como a batata. Em termos nutricionais apresenta propriedades únicas. Saiba mais.

batata-doce

A batata-doce é originária da América Central e chegou à Europa no século XVI, sendo tão antiga em Portugal como a batata. Conta a lenda que os cavaleiros de Santiago, antes de cada batalha utilizavam como suplemento revigorante uma poção elaborada a partida da batata-doce. Provavelmente, algo parecido com a famosa feijoada de batata-doce de Aljezur.

Em Aljezur, as condições climáticas revelaram-se ideais para a sua cultura, sendo a batata-doce desta região um produto de Indicação Geográfica Protegida (IGP), com direito a um festival desde 2014 de forma a promover este interessante alimento.

A maioria das colheitas ocorre nos meses entre setembro e novembro, pelo que será esta a melhor altura para consumir este tubérculo. Razão pela qual a batata-doce, tal como a castanha, seja também comemorada no Dia de São Martinho.

Em termos de variedade, a batata-doce distingue-se pela sua cor. Podem ser brancas, roxas, amarelas e laranjas. As de cor roxa são características da região de Aljezur.

A nível nutricional é das fontes vegetais mais ricas em vitamina A. Bastam 100g de batata-doce cozida sem pele, para fornecem o dobro da dose diária recomendada (DDR) desta vitamina.

A presença de carotenóides, bem como de antocianinas, dão a cor alaranjada e púrpura, a este alimento fazendo dele uma importante fonte de antioxidantes com elevado potencial anti-inflamatório e protetor celular.

Curiosamente, a batata-doce apresenta baixo valor energético, oferecendo apenas 76 kcal por 100g de parte edível! É ainda fonte de fibra e hidratos de carbono complexos, que potenciam a saciedade, regulam a gordura em circulação e normalizam os picos glicémicos. Apresenta também quantidades significativas de outras vitaminas e minerais, nomeadamente, vitamina C, magnésio e ferro. Estas características fazem com que a batata-doce esteja cada vez mais presente nas dietas dos desportistas de elite e de todos aqueles que necessitam de fazer atividade física regularmente.

Batata doce tabela

Informação retirada de Nutritiondata 

De referir ainda o grande potencial gastronómico da batata-doce que pode ser consumida de diversas formas. A mais tradicional é cozida ou assada no forno, sem necessitar de temperos ou gordura adicionada, fazendo dela um saudável substituto da batata, arroz ou massa.

Uma excelente escolha para as refeições de outono!

Tópicos
Notícias

Acompanhe a discussão sobre: Batata-doce | O acompanhamento deste outono

6 comentários a “Batata-doce | O acompanhamento deste outono”

  1. adélia silva diz:

    É também uma excelente opção para a dieta de pessoas com diabetes tipo II.Costumo fazer de várias maneiras: cozida( simplesmente), em puré (é ótimo), frita tipo pala-pala, assada no forno embrulhada em papel de alumínio, e também assada,do seguinte modo:
    Corto às rodelas uma boa batata com pele, junto 1 colher chá de cominhos em grão, 1 colher de chá de gengibre em pó, 1 laranja cortada em cubos com casca, 50 g de manteiga, 1 colher de sopa de mel, 1 fio de azeite. levo ao forno e fica uma delícia.

    • Carla Feitor diz:

      O alumínio está associado à doença de alzheimer. Eu agora substituo o papel de alumínio por papel vegetal.

  2. Arminda Maria Boavida Lopes Teixeira diz:

    Assada é excelente, com um fio de azeite e alho em pó.

  3. […] A batata-doce apresenta baixo valor energético, oferecendo apenas 76 kcal por 100g de parte edível! É ainda fonte de fibra e hidratos de carbono complexos, que potenciam a saciedade, regulam a gordura em circulação e normalizam os picos glicémicos. Para além de tudo isto, é das fontes vegetais mais ricas em vitamina A. Bastam 100g de batata-doce cozida sem pele, para fornecem o dobro da dose diária recomendada (DDR) desta vitamina. Descubra mais sobre a batata-doce. […]

  4. […] permite fazer uma sobremesa doce, saudável e uma excelente companhia para a carne e os vegetais. Batata doce! Lave e coloque logo no inicio, afastada do fogo mais forte e vá virando. No final retire a […]

  5. […] Fonte: Nutrimento, Blog do Programa Nacional Promoção Alimentação Saudável […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Artigos Relacionados

  • 23 maio, 2022

    Abertura Concurso Público para o Estudo de avaliação do Regime Escolar em Portugal

    Encontra-se aberto um Concurso Público para a aquisição de serviços para a realização do “Estudo de avaliação do Regime Escolar em Portugal (2017/2018 a 2022/2023)” para a Direção-Geral da Saúde, de acordo com as especificidades exigidas no artigo 13º da Portaria nº 113/2018, e dos artigos 8º do Regulamento (UE) 2017/39, da Comissão, de 3 de […]

    Ler mais
  • 3 maio, 2022

    OMS publicou hoje o WHO European Regional Obesity Report 2022

    A OMS publicou hoje um importante relatório (WHO European Regional Obesity Report 2022) sobre o estado da obesidade na região Europeia. Neste relatório publicado hoje pelo Escritório Regional da OMS Europa para a Prevenção e Controlo das Doenças Crónicas, a OMS destaca que a prevenção e controlo da obesidade deve centrar-se numa estratégia de prevenção […]

    Ler mais
  • 19 abril, 2022

    EFSA’s scientific advice related to nutrient profiling

    A Autoridade Europeia para a Segurança dos Alimentos (EFSA) publicou hoje a Opinião Científica sobre perfis nutricionais que pretende apoiar a tomada de decisão da Comissão Europeia sobre o modelo simplificado de rotulagem nutricional a adotar na União Europeia e sobre as condições para restringir a presença de alegações nutricionais e de saúde nos alimentos.

    Ler mais