Tópico:

regras
  • 28 março, 2020

    Em situações de crise como aquela que estamos a viver com a COVID-19, as precauções a ter com a comunicação devem ser reforçadas. No contexto da nutrição, a circulação de informação incorreta e imprecisa não é uma situação específica dos períodos de crise. É algo que tem acompanhado a evolução das ciências da nutrição. Mas a comunicação de má qualidade numa situação de crise poderá ter consequências bem mais sérias. Por esta razão, a comunicação do risco é um dos pilares essenciais na gestão de uma emergência de saúde pública. Neste pequeno texto, fazemos 5 recomendações para uma comunicação na área da nutrição com qualidade e para a minimização dos riscos.

    Ler mais