“Pessoas saudáveis fazem mal ao capitalismo”

“Se olharmos para o investimento na prevenção da doença crónica nas nossas sociedades verificamos que é insignificante”

“Contudo, se olharmos para o investimento na prevenção da doença crónica nas nossas sociedades verificamos que é insignificante. Em 2015, por exemplo, os gastos em cuidados preventivos representaram pouco mais de um por cento da despesa corrente do SNS. Sim, 1 euro por cada 100 euros gastos em saúde.”

Um artigo para ler nesta edição da revista Visão.

0 Comentários , Adicione o seu

Comentar

Adicione o seu comentário: