Melancia – Para comer durante todo o Verão

A investigação recente na área da nutrição tem vindo a ajudar a compreender melhor o valor alimentar e nutricional deste extraordinário alimento, consumido e popularizado há mais de 5000 anos, e que não nos deixa de surpreender.

Como a melancia é praticamente água (94% aproximadamente) é uma excelente fonte de hidratação em pleno verão. Água pura, não contaminada e ainda por cima pouco calórica e rica em vitaminas e minerais. Cada taça de melancia, cortada aos bocados com um peso aprox. de 154 g fornece pouco mais de 46 calorias. Este valor pode variar ligeiramente nas quase 300 variedades de melancia existentes.

A melancia é uma fruta fresca muito apetecível em dias quentes, que apresenta vários benefícios para a saúde.

Uma taça de melancia com apenas 46 calorias fornece 21% da quantidade de Vit. C recomendada diariamente para um adulto, 18% da Vit. A e diversas outras vitaminas e minerais, sendo de sublinhar a presença de potássio. Uma taça de melancia fornece 173 mg de potássio, cerca de 5% das recomendações diárias. De referir a importância do potássio, presente também em outros frutos, como um mineral essencial na regulação da pressão arterial e consequentemente na manutenção da saúde cardiovascular.

Recentemente, começou-se a atribuir maior importância aos compostos fenólicos com propriedade anti-oxidantes e anti-inflamatórias presentes na melancia. Entre eles os licopenos, que ajudam a melancia a ter a sua cor vermelha. A quantidade de licopenos presentes na melancia ultrapassa, inclusive, a quantidade presente no tomate. Os licopenos em conjunto com os carotenoides e vitamina C presentes na melancia são importantes agentes na proteção celular estando relacionados com a redução do risco de certos tipos de cancro, quando associados a uma alimentação equilibrada.

Contudo, ainda sabemos pouco sobre estas substâncias e seu papel na saúde. Os próximos anos serão decisivos, mas certamente as boas notícias sobre a composição nutricional da melancia irão aumentar.

Para beneficiar ao máximo das suas propriedades nutricionais prefira sempre produtos da época. Por este motivo, a melancia deve ser consumida nos meses de verão (Julho, Agosto e Setembro).

Como escolher uma boa melancia:

  • Deve ser uniforme, simétrica e pesada para o seu tamanho;
  • A casca deve ser firme e cerosa, sem apresentar fendas, cortes ou amolgadelas;
  • Ao bater com os nós dos dedos na melancia, esta deve produzir um som abafado;
  • Deve apresentar uma zona amarelada (onde esteve apoiada no solo, durante o amadurecimento).

Como conservar a melancia:

Em casa, a melancia pode ser conservada inteira, num lugar fresco, arejado e escuro, até cerca de 1 semana, mas dependendo do seu estado de maturação. Após abertura, deve ser mantida no frigorífico e consumida em poucos dias. Se preferir, pode também prepará-la e congelá-la.

 Imagem retirada de ugaldew

0 Comentários , Adicione o seu

Comentar

Adicione o seu comentário:

Outros artigos com a tag: verão