Estou a ler:

Alimentação na cidade – O custo da sustentabilidade

Notícias

Alimentação na cidade – O custo da sustentabilidade

A má alimentação é a principal responsável por termos anos de vida com doença e esses anos têm um custo. “Podemos perguntar: os custos são assim tão elevados? São. São enormíssimos. Um artigo para ler nesta edição do Jornal Público.

cidade sustentável

O custo da sustentabilidade

A má alimentação é a principal responsável por termos anos de vida com doença e esses anos têm um custo. Podemos perguntar: os custos são assim tão elevados? São. São enormíssimos. Só para termos uma ideia: temos um milhão de diabéticos, perto de três milhões de pessoas com problemas de pressão arterial elevada, mais de metade da população (5,9 milhões) com excesso de peso. Se começarmos a somar, vai quase nos dez milhões.”

“O alimento tem um preço”, sublinha Pedro Graça, Diretor do Programa Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável. “O que aconteceu nos últimos 30, 40 anos foi que nos habituámos a pagar pouco pela comida que consumimos. Dados do Instituto Nacional de Estatística indicam que, proporcionalmente, gastamos cada vez menos do nosso orçamento em comida.”

Um artigo para ler nesta edição do jornal Público.

 

 

 

 

 

Tópicos
Notícias

Acompanhe a discussão sobre: Alimentação na cidade – O custo da sustentabilidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Artigos Relacionados

  • 23 maio, 2022

    Abertura Concurso Público para o Estudo de avaliação do Regime Escolar em Portugal

    Encontra-se aberto um Concurso Público para a aquisição de serviços para a realização do “Estudo de avaliação do Regime Escolar em Portugal (2017/2018 a 2022/2023)” para a Direção-Geral da Saúde, de acordo com as especificidades exigidas no artigo 13º da Portaria nº 113/2018, e dos artigos 8º do Regulamento (UE) 2017/39, da Comissão, de 3 de […]

    Ler mais
  • 3 maio, 2022

    OMS publicou hoje o WHO European Regional Obesity Report 2022

    A OMS publicou hoje um importante relatório (WHO European Regional Obesity Report 2022) sobre o estado da obesidade na região Europeia. Neste relatório publicado hoje pelo Escritório Regional da OMS Europa para a Prevenção e Controlo das Doenças Crónicas, a OMS destaca que a prevenção e controlo da obesidade deve centrar-se numa estratégia de prevenção […]

    Ler mais
  • 19 abril, 2022

    EFSA’s scientific advice related to nutrient profiling

    A Autoridade Europeia para a Segurança dos Alimentos (EFSA) publicou hoje a Opinião Científica sobre perfis nutricionais que pretende apoiar a tomada de decisão da Comissão Europeia sobre o modelo simplificado de rotulagem nutricional a adotar na União Europeia e sobre as condições para restringir a presença de alegações nutricionais e de saúde nos alimentos.

    Ler mais