As empresas do setor agro-industrial vão implementar em Portugal o semáforo nutricional

As empresas do setor agro-industrial como a Néstle, Mondelez (Cadbury, Oreo…), PepsiCo, Coca-Cola e a Unilever vão implementar em Portugal um esquema de semáforos nutricionais com as cores, vermelho, amarelo e verde, que em vez de se centraram nas quantidades de nutrientes (nomeadamente sal e açúcar) por 100g irão colocar esta informação colorida por porção. Segundo o Jornal de Negócios, Portugal é o primeiro país a ser informado que avançará com os testes ao novo esquema de semáforos.

O modelo que também está a ser pensado para outros países e tem levantado alguma  polémica nomeadamente com o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (IDEC).

Segundo Ana Paula Bortoletto do IDEC…

” a  sugestão de informação por porção também leva o consumidor ao engano, porque, muitas vezes, o tamanho é calculado de acordo com o interesse da indústria em divulgar mais ou menos quantidade de calorias, sódio e açúcar, e não corresponde ao padrão de consumo ” A nutricionista do Idec defende que a tabela nutricional seja feita levando em consideração o consumo de 100 gramas e de toda a embalagem.

Esta é uma discussão urgente que pode e deve ser feira por Organizações de Defesa do Consumidor, públicas e privadas, ONG´s, Associações representativas de Profissionais de Saúde, entre outras.

O esquema de orientação nutricional do PNPAS, descodificador de rótulos dá informação por 100g e não por porção.

A OMS publicou recentemente com o apoio da DGS um estudo que demonstra a incapacidade de muitos portugueses em compreenderem os atuais rótulos com informação nutricional, e a necessidade de simplificar esta informação.

0 Comentários , Adicione o seu

Comentar

Adicione o seu comentário:

Outros artigos com a tag: Rótulos