Estou a ler:

Aconselhamento breve para a alimentação saudável nos cuidados de saúde primários

Notícias

Aconselhamento breve para a alimentação saudável nos cuidados de saúde primários

Publicamos hoje o modelo de “Aconselhamento breve para a alimentação saudável”. A sua implementação nos cuidados de saúde primários pretende tornar universal a promoção da alimentação saudável, melhorar a qualidade da intervenção dos diferentes profissionais e uniformizar procedimentos. Saiba mais aqui.

Publicamos hoje o modelo de “Aconselhamento breve para a alimentação saudável”. A sua implementação nos cuidados de saúde primários pretende tornar universal a promoção da alimentação saudável, melhorar a qualidade da intervenção dos diferentes profissionais e uniformizar procedimentos.

O modelo de aconselhamento breve para a alimentação saudável é composto por diversas ferramentas construídas propositadamente para este efeito que possibilitam uma abordagem inicial por parte do profissional de saúde, que em média não deve exceder os 10 minutos, e assenta nos modelos de intervenção motivacional, reconhecendo assim as dificuldades inerentes à mudança do comportamento alimentar.

Com este modelo inovador a nível nacional, pretende-se conferir uma maior qualidade à abordagem clínica nas áreas da promoção da alimentação saudável, da prevenção e do controlo das doenças crónicas. A padronização de procedimentos permite também uma maior eficiência no funcionamento dos serviços de saúde, garantindo uma base de intervenção comum facilitadora da monitorização e avaliação.

A implementação generalizada do aconselhamento breve para a alimentação saudável nos cuidados de saúde primários e a identificação precoce de indivíduos que necessitem da intervenção diferenciada aumenta ainda as oportunidades de referenciação para os Cuidados Personalizados de Nutrição e uma melhor articulação entre os Nutricionistas e demais profissionais de saúde.

A elevada prevalência de doenças crónicas associadas à alimentação inadequada na população portuguesa (nomeadamente diabetes mellitus, obesidade, doenças cardiovasculares, dislipidemia…) exige que o aconselhamento para uma alimentação saudável seja uma constante na prestação de cuidados de saúde de qualidade. Tanto no contexto da prevenção como no contexto da terapêutica e controlo destas doenças, já que a intervenção assente na mudança de estilos de vida (por ex. alimentação) faz parte das guidelines para a terapêutica das doenças crónicas mais prevalentes.

O aconselhamento para a alimentação saudável torna-se ainda mais importante no atual contexto da COVID-19, já que a obesidade é um dos principais fatores de risco para maior gravidade e complicações associadas à doença. Para além disso, também este período pós-festas faz com que a intervenção a este nível seja uma prioridade.

A intervenção precoce ao nível dos cuidados de saúde primários é uma abordagem que pode contribuir para a diminuição da progressão para doença (ex: pré-diabetes e pré-obesidade), para o melhor controlo após a sua instalação, para o menor risco de complicações associadas e, consequentemente, para a menor utilização de serviços de saúde especializados no futuro (ex: cuidados hospitalares).

Pode consultar o documento completo aqui. 

Algumas das ferramentas que constam neste manual podem ser consultadas individualmente nos seguintes links:

 

 

Tópicos
Notícias

Acompanhe a discussão sobre: Aconselhamento breve para a alimentação saudável nos cuidados de saúde primários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

  • 17 janeiro, 2023

    Plano de Ação da Garantia para a Infância 2022-2030

    Foi publicado hoje, pela Resolução de Conselho de Ministros N.º 3/2023, de 17 de janeiro , o Plano de Ação da Garantia para a Infância 2022-2030. Este plano considera o acesso a uma alimentação saudável com um dos seus objetivos estratégicos, identificando um conjunto de respostas a implementar para a garantia desse acesso às crianças e jovens.

    Ler mais
  • 20 dezembro, 2022

    Boas festas | Um feliz e saudável 2023

    O PNPAS deseja a todos umas Boas Festas e um Feliz e Saudável 2023.

    Ler mais
  • 16 novembro, 2022

    Resultados do Food-EPI Portugal e de mais 10 países europeus publicados na revista The Lancet Regional Health – Europe

    Foi hoje publicado o artigo “Policy implementation and priorities to create healthy food environments using the Healthy Food Environment Policy Index (Food-EPI): A pooled level analysis across eleven European countries” na revista The Lancet Regional Health - Europe, onde se descrevem os resultados principais do estudo que avaliou a implementação de políticas públicas e as prioridades para a criação de ambientes alimentares saudáveis em 11 países europeus, incluindo Portugal.

    Ler mais