Estou a ler:

Comer com segurança na praia

Notícias

Comer com segurança na praia

Conheça algumas regras simples que permitem usufruir dos alimentos disponíveis nesta época do ano, aproveitar para comer com menos "calorias, hidratar convenientemente e evitar os riscos de intoxicações alimentares. Saiba mais.

chapeu

Verão é tempo de praia e de férias. A praia é um local de diversão, de tempo para estar com a família e com os amigos e de partilha de refeições. Contudo, a temperatura elevada, característica desta época é uma condição que favorece o crescimento de microrganismos, podendo levar à deterioração do alimento e ao aumento do risco de intoxicações alimentares.

 Algumas regras simples permitem usufruir dos alimentos disponíveis nesta época do ano, aproveitar para comer com menos “calorias”, hidratar convenientemente e evitar os riscos de intoxicações alimentares, que podem ser particularmente graves, no caso de idosos, crianças ou pessoas doentes.

Sugestões alimentares para os dias de férias, passados no campo ou no mar:

 – Acondicione os alimentos mais perecíveis (queijo, fiambre, iogurtes, etc.) em geleiras, sacos ou malas térmicas com cuvetes de gelo ou placas frias para manter a temperatura;

– Transporte os alimentos em caixas fechadas;

– Coloque a geleira ou mala térmica à sombra, longe da exposição solar direta;

– Prefira alimentos que não se alterem com o calor (ex.: pão, frutos secos, fruta, conservas, hortícolas, etc.);

– Prepare os alimentos, de preferência, no próprio dia. Durante a preparação lave as mãos e utensílios. Por exemplo, facas utilizadas no corte de peixe ou carnes não devem ser utilizadas para cortar frutas ou hortícolas, para se evitar a contaminação cruzada;

– Se não conseguir uma geleira ou mala térmica evite levar para a praia molhos (maionese, natas), gelatina, produtos de pastelaria com cremes (creme de ovos, chantilly), marisco, quiches, empadas ou folhados.

– Fruta lavada e água são alimentos por excelência do Verão. Beba água ao longo do dia e proteja a saúde dos seus rins. No Verão e em particular nos dias mais quentes e com maior atividade física bebemos sempre menos água do que o necessário.

 Para mais informações e sugestões de refeições saudáveis para o Verão, consulte o manual da Associação Portuguesa de Nutricionistas aqui.

Imagem retirada de freyda
Tópicos
Notícias

Acompanhe a discussão sobre: Comer com segurança na praia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Artigos Relacionados

  • 23 maio, 2022

    Abertura Concurso Público para o Estudo de avaliação do Regime Escolar em Portugal

    Encontra-se aberto um Concurso Público para a aquisição de serviços para a realização do “Estudo de avaliação do Regime Escolar em Portugal (2017/2018 a 2022/2023)” para a Direção-Geral da Saúde, de acordo com as especificidades exigidas no artigo 13º da Portaria nº 113/2018, e dos artigos 8º do Regulamento (UE) 2017/39, da Comissão, de 3 de […]

    Ler mais
  • 3 maio, 2022

    OMS publicou hoje o WHO European Regional Obesity Report 2022

    A OMS publicou hoje um importante relatório (WHO European Regional Obesity Report 2022) sobre o estado da obesidade na região Europeia. Neste relatório publicado hoje pelo Escritório Regional da OMS Europa para a Prevenção e Controlo das Doenças Crónicas, a OMS destaca que a prevenção e controlo da obesidade deve centrar-se numa estratégia de prevenção […]

    Ler mais
  • 19 abril, 2022

    EFSA’s scientific advice related to nutrient profiling

    A Autoridade Europeia para a Segurança dos Alimentos (EFSA) publicou hoje a Opinião Científica sobre perfis nutricionais que pretende apoiar a tomada de decisão da Comissão Europeia sobre o modelo simplificado de rotulagem nutricional a adotar na União Europeia e sobre as condições para restringir a presença de alegações nutricionais e de saúde nos alimentos.

    Ler mais