Congresso “Alimentação na(s) deficiência(s)”

Alimentação na(s) deficiência(s)

Perto de duas centenas de técnicos e especialistas participaram, no Porto,  no congresso “Alimentação na(s) deficiência(s)”, uma iniciativa que durante  dois dias analisa e define estratégias para políticas de alimentação de um universo que em Portugal pode abranger mais de um milhão e 700 mil  pessoas com uma incapacidade, física, intelectual, psiquiátrica, sensorial ou neurológica (dados do Censos 2011). Num projeto inovador em Portugal (liderado pela  Associação do Porto de Paralisia Cerebral, em estreita colaboração com a  Direção-Geral de Saúde), o congresso que se realiza no Centro de  Congressos da Alfândega do Porto tem por objetivo a definição de estratégias, normas, condutas e “manuais” que, mais tarde, com  divulgação e aplicação abrangentes, possam vir a ser implementadas a nível nacional.

O congresso conta também com a presença de representantes dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP), assim permitindo uma troca de experiências e das dificuldades sentidas pelas pessoas com deficiência e pelos cuidadores oriundos de realidades distintas da nacional.

De referir que este projeto é apoiado pela Direção-Geral de Saúde. E que, no âmbito do Programa Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável, coube à Associação do Porto de Paralisia Cerebral definir e implementar diretrizes no que concerne às estratégias alimentares para pessoas com deficiências (que não exclusivamente casos de pessoas com paralisia cerebral).

Imagens cedidas pela organização do Congresso

0 Comentários , Adicione o seu

Comentar

Adicione o seu comentário: