Estou a ler:

Resultados do Food-EPI Portugal e de mais 10 países europeus publicados na revista The Lancet Regional Health – Europe

Notícias

Resultados do Food-EPI Portugal e de mais 10 países europeus publicados na revista The Lancet Regional Health – Europe

Foi hoje publicado o artigo “Policy implementation and priorities to create healthy food environments using the Healthy Food Environment Policy Index (Food-EPI): A pooled level analysis across eleven European countries” na revista The Lancet Regional Health - Europe, onde se descrevem os resultados principais do estudo que avaliou a implementação de políticas públicas e as prioridades para a criação de ambientes alimentares saudáveis em 11 países europeus, incluindo Portugal.

Foi hoje publicado o artigo “Policy implementation and priorities to create healthy food environments using the Healthy Food Environment Policy Index (Food-EPI): A pooled level analysis across eleven European countries” na revista The Lancet Regional Health – Europe, onde se descrevem os resultados principais do estudo que avaliou a implementação de políticas públicas e as prioridades para a criação de ambientes alimentares saudáveis em 11 países europeus, incluindo Portugal.

A metodologia utilizada neste estudo para a avaliação das políticas públicas implementadas para a criação de ambientes alimentares saudáveis foi desenvolvida pela International Network for Food and Obesity/NCDs Research, Monitoring and Action Support (INFORMAS) – Healthy Food Environment Policy Index (Food-EPI). Utiliza um índice com 50 indicadores agrupados em 13 domínios diferentes que representam as principais áreas de intervenção e de estruturas de apoio para a criação de ambientes alimentares saudáveis.

Este estudo engloba vários países europeus, nomeadamente na Alemanha, Eslovénia, Estónia, Espanha, Finlândia, Holanda, Itália, Polónia e Portugal. A par da Finlândia e Noruega, Portugal destaca-se pela positiva na implementação de políticas que contribuem para hábitos de alimentação mais saudáveis.

Portugal obteve um grau de implementação moderado ou elevado para 77% dos indicadores incluídos nesta análise (56% grau de implementação moderado e 21% grau de implementação elevado). Os dados individuais para o contexto português já tinham sido previamente divulgados pelo Programa Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável, em janeiro deste ano e podem ser consultados aqui.

Pode consultar o artigo aqui.

Tópicos
Notícias

Acompanhe a discussão sobre: Resultados do Food-EPI Portugal e de mais 10 países europeus publicados na revista The Lancet Regional Health – Europe

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Artigos Relacionados