O PNPAS e o Dia Nacional do Doente com AVC

No dia 31 de março celebra-se o Dia Nacional do Doente com Acidente Vascular Cerebral (AVC). Em 2016, o INEM registou 3.386 casos de AVC encaminhados para a Via Verde do AVC, uma média de nove casos por dia.

O AVC continua a ser uma das principais causas de morte em Portugal, sendo também a principal causa de morbilidade e de potenciais anos de vida perdidos no conjunto das doenças cardiovasculares. A promoção de uma alimentação e estilo de vida saudável é essencial para a prevenção do AVC, salientando-se a promoção do padrão alimentar mediterrânico como modelo alimentar a seguir na prevenção de doença crónica. 

O consumo excessivo de sal pela população é um dos maiores riscos de saúde pública em Portugal. O sal em excesso aumenta o risco de hipertensão arterial e doenças cardiovasculares. Segundo as recomendações da Organização Mundial da Saúde o consumo máximo diário por pessoa não deverá exceder os 5g de sal. A substituição do sal por ervas aromáticas e a leitura dos rótulos são estratégias essenciais para a redução do sal na nossa alimentação.

O PNPAS e a DGS  têm vindo a fazer diversas propostas e compromissos para a redução do sal em Portugal.

1 Comentário , Adicione o seu

Comentar

Adicione o seu comentário:

Outros artigos com a tag: AVC