Estou a ler:

29 + 1 cuidados básicos para um grelhar saudável

Notícias

29 + 1 cuidados básicos para um grelhar saudável

Este método de confeção permite preparar pratos saudáveis podendo, ao mesmo tempo, ser uma atividade divertida. Contudo, são necessários alguns cuidados básicos para evitar o consumo de partes carbonizadas, potencialmente tóxicas, e contaminações alimentares desnecessárias em plenas férias.

barbecue-colorful-colourful-53148

Grelhar peixe ou carne no carvão, e na companhia da família e amigos, é um dos grandes prazeres de verão.

Este método de confeção permite preparar pratos saudáveis podendo, ao mesmo tempo, ser uma atividade divertida. Contudo, são necessários alguns cuidados básicos para evitar o consumo de partes carbonizadas, potencialmente tóxicas, e contaminações alimentares desnecessárias em plenas férias.

AQUI SE DESCREVEM 29 +1 CUIDADOS BÁSICOS PARA UM GRELHAR SAUDÁVEL:

1) Evite sair para as compras com o carro já quente. Nos dias de compras planeie a viagem cedo e estacione num lugar fresco.

2) Se comprar para congelar, verifique se a arca ou congelador lá em casa estão limpos e preparados para armazenar as compras.

3) Se tiver uma lista longa, deixe para o final a compra de carne ou peixe.

4) Peça para limpar o peixe e, se for caso disso, para escalar na peixaria. Verifique se o peixe é lavado no final da operação e feche bem o saco.

5) Separe o frango (de maior risco microbiológico) das outras carnes. Feche bem as embalagens e separe-as. Tenha cuidado com os sucos da carne, evitando que estes escorram para outros alimentos.

6) Conduza diretamente para casa. Se a viagem for superior a meia hora, leve uma arca para a carne e para o peixe e/ou envolva com material para arrefecer.

7) Ao chegar a casa, lave primeiro as mãos, repetindo o processo entre cada operação. Acondicione de imediato os produtos em embalagens lavadas e congele o que não vai utilizar nos próximos 1-2 dias.

8) Descongele a carne ou o peixe dentro do frigorífico e não ao ar livre.

9) Se colocar a marinar, em particular nos dias mais quentes, faça-o dentro do frigorífico.

10) Só retire a carne/peixe do frio na hora de grelhar e na quantidade certa. Evite o contacto com os produtos a grelhar e com os que estão no frio. 

11) Lave as mãos antes e depois de colocar a carne ou o peixe a grelhar.

12) Os utensílios e a bandeja que contactarem com os alimentos em cru não devem contactar com os alimentos cozinhados.

13) Ao grelhar, verifique se a carne ou o peixe não estão crus no interior e cozinhados por fora. Deve ser dado especial cuidado ao frango e outras aves, cozinhando sempre bem estes alimentos.

14) Nunca grelhe parcialmente para aquecer depois, ou para depois dar um acabamento. Faça todo o processo de uma só vez e leve de imediato para a mesa.

15) Peça a um ajudante para ir levando à medida que vai grelhando. A carne/peixe devem ser consumidos de imediato, uma vez que a comida, ao esperar, não só arrefece como aumenta o risco de contaminação.

16) Enquanto grelha, está exposto ao calor excessivo, pelo que se de deve proteger. Afaste o grelhador de zonas sensíveis, não use roupa inflamável e beba água fresca, mantendo-se hidratado. Caso aprecie, reserve a ingestão de uma bebida alcoólica para o momento da refeição, evitando o risco de acidentes (bastante frequente).

17) O fogo deve ser bem distribuído por todo o grelhador, utilizando uma quantidade de carvão adequada e suficiente. Seja paciente, colocando a comida a grelhar quando a chama já não estiver visível, reduzindo, assim, o risco de a carbonizar (em particular quando grelha peixe ou carne com gordura visível).

18) Afaste o grelhador de zonas onde possa existir risco de incêndio, vigie sempre o fogo, evite fagulhas e tenha uma manta e água por perto e em abundância.

19) Tenha ao seu lado água para aspergir se as chamas surgirem.

20) Consumir regularmente carne carbonizada ou muito grelhada pode aumentar o risco de desenvolver certos tipos de cancro. Deve evitar o contacto com a chama, retirar a maioria das gorduras visíveis antes de grelhar a carne e tentar manter a pele do peixe intacta ao longo do processo, removendo-a apenas antes da ingestão.

21) Tempere com sal apenas no momento de grelhar, utilizando sal grosso. Evite o excesso de sal, frequente quando se salga antecipadamente e quando se utiliza sal muito refinado.

22) Acompanhe a carne ou o peixe com uma salada. Tempere com um fio de azeite e ervas aromáticas, tentando reduzir a quantidade de sal. Esta é uma excelente e saudável opção de acompanhamento.

23) Pode também optar por grelhar alguns hortícolas (pimentos, tomates, beringelas, alho francês…). Lembre-se de no final, retirar a pele queimada, tanto dos hortícolas como da carne e do pescado.

24) O barbecue pode ser ainda acompanhado por batata doce, uma companhia excelente e saudável para a carne/peixe e para os vegetais. Lave e coloque logo no início, afastada do fogo mais forte e vá virando, retirando a pele no final.

25) Leve para a mesa numa travessa limpa a carne ou o peixe, não utilizando a mesma travessa onde tinha os produtos em cru.

26) O processo de grelhar pode demorar mais tempo do que o esperado. Uma sopa fria ou de legumes como entrada saudável, para além de hidratar e evitar excessos energéticos com outras entradas calóricas e salgadas, impede que a fome e a má disposição apareçam.

27) Na mesa, a água fresca é obrigatória, podendo ser aromatizada com canela, hortelã ou frutas.

28) Quem esteve a trabalhar ou a ajudar necessita de se hidratar, em particular se beber álcool. Assim, protege a sua saúde e aproveita melhor a refeição.

29) Últimas notas para o fogareiro ou aparelho barbecue: se não estiver à vista, verifique se o fogo está controlado e assegure-se que as crianças não se aproximam dele. Não se distraia, muitos acidentes começam aqui.

30) Agora aproveite. A tradição mediterrânica implica tempo e uma boa conversa em torno da mesa.

 

Para finalizar em perfeição, e se tiver um termómetro para alimentos, aqui ficam as temperaturas adequadas para uma confeção segura do ponto de vista microbiológico.

TEMPERATURAS MÍNIMAS NO INTERIOR DO ALIMENTO:

Ave inteira: 74ºC

Peitos de aves de capoeira: 74ºC

Carne moída: 71ºC

Carne bovina, carne de porco, cordeiro e vitela (bifes, assados e costeletas): 63ºC

Depois de atingida a temperatura deixe em repouso pelo menos 3 minutos.

 

E agora… bom apetite !

Estas recomendações foram adaptadas de United States Department of Agriculture – Food Safety and Inspection Service – Barbecue and food safety. Atualizado em 2 de Julho de 2013 e acedido em 15 de Agosto de 2015 através de http://www.fsis.usda.gov/wps/portal/fsis/topics/food-safety-education/get-answers/food-safety-fact-sheets/safe-food-handling/barbecue-and-food-safety/CT_Index
Imagem retirada de: pixabay.com
Tópicos
Notícias

Acompanhe a discussão sobre: 29 + 1 cuidados básicos para um grelhar saudável

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

  • 27 Setembro, 2023

    Despacho n.º 9984/2023 que alarga a identificação sistemática do risco nutricional a todo os níveis de cuidados do Serviço Nacional de Saúde

    Foi publicado hoje pela Secretária de Estado da Promoção da Saúde o Despacho n.º 9984/2023 que alarga a identificação sistemática do risco nutricional a todo os níveis de cuidados do Serviço Nacional de Saúde. O Programa Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável fica agora responsável por desenvolver um manual técnico de apoio à implementação deste Despacho, incluindo os modelos de aconselhamento breve nele previstos.

    Ler mais
  • 21 Setembro, 2023

    FABLE – Food and Beverages Labels Explorer

    O Joint Research Centre (JRC) da Comissão Europeia lançou esta segunda-feira, durante a Conferência Final da Joint Action Best-ReMaP em Paris, a primeira versão da FABLE - Food and Beverages Labels Explorer. Esta ferramenta digital pretende facilitar o acesso a informação sobre a composição nutricional dos alimentos e outras informações presentes na rotulagem dos produtos alimentares.

    Ler mais
  • 16 Setembro, 2023

    Abertura do Processo de Candidatura a Financiamento Público a Projetos no âmbito do PNPAS

    Irá abrir, no próximo dia 18 de setembro, um processo de candidatura a financiamento público a projetos no âmbito do Programa Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável, em particular, que tenham como finalidade contribuir para a capacitação do staff dos refeitórios e bufetes escolares para a oferta de uma alimentação saudável, saborosa e apelativa para crianças e jovens, em pelo menos duas das cinco regiões de saúde.

    Ler mais