RELATÓRIO COSI PORTUGAL (2016) SOBRE VIGILÂNCIA NUTRICIONAL INFANTIL

É lançado hoje o relatório COSI que descreve a evolução do estado nutricional da população escolar portuguesa  entre os 6 e os 8 anos compreendendo um período que vai  de 2007/2008 até 2015/2016. O Childhood Obesity Surveillance Initiative (COSI)/World Health Organization Regional Office for Europe é um sistema europeu de vigilância nutricional infantil que produz dados comparáveis entre países da Europa e que permite a monitorização da obesidade infantil a cada 2-3 anos e que de momento conclui quase uma década de existência, apresentando-se agora como o maior estudo europeu da OMS com cerca de 300 000 crianças participantes.

Trata-se de uma colaboração entre o INSA/DGS e OMS Europa que o PNPAS tem acompanhado, com a recolha de informação realizada por equipas de todas as ARS do país e regiões autónomas da Madeira e Açores. Esta informação sistematizada e periódica, comparável ao longo do tempo e com outros países europeus, é determinante para a definição de uma política alimentar em Portugal.

Os dados revelam um decréscimo na obesidade infantil, entre os últimos 8 anos, fruto de muito fatores, mas também do trabalho realizado pelos profissionais de saúde e educação. No entanto, o excesso de peso em Portugal continua ainda extremamente elevado, no contexto europeu, atingindo 30,7 % das crianças analisadas.

Consulte os principais resultados aqui. 

 

 

 

 

0 Comentários , Adicione o seu

Comentar

Adicione o seu comentário:

Outros artigos com a tag: Portugal